Fiocruz Fale com a Fiocruz Fundação Oswaldo Cruz
CPFERA • Coleção Paleoparasitológica e de Fezes Recentes de Animais webmail
A Coleção Paleoparasitológica e de Fezes Recentes de Animais (CPFERA) foi institucionalizada pela Fiocruz em fevereiro de 2019 e é composta por duas subcoleções, a de Coprólitos e Material Paleoparasitológico Luiz Fernando Ferreira e a de Fezes Recentes de Animais.

O objetivo da Coleção é preservar e disponibilizar para pesquisa científica material único e irrecuperável de tempos antigos, que podem ser confrontados com amostras atuais e, com isso, subsidiar a formação de especialistas e estudos sobre a história das doenças do passado ao presente, a distribuição de espécies de parasitos e hospedeiros e suas vias de dispersão e migração, relações biológicas, ecológicas e culturais, além de estudos paleoepidemiológicos, da ecologia de doenças e modelos de previsão de ocorrência no futuro, a partir de inferências das transformações ambientais e climáticas.

A Subcoleção de Coprólitos e Material Paleoparasitológico Luiz Fernando Ferreira é formada por material de interesse paleoparasitológico. É uma coleção suis generis, com cerca de 3.000 amostras coletadas em sítios arqueológicos e paleontológicos, composta por materiais de origem biológica de animais, inclusive humanos, vegetais, sedimentos e em menor escala artefatos. As amostras são originárias de vertebrados, incluindo grupos extintos. Armazena diversos materiais de interesse para pesquisa de parasitos, principalmente coprólitos (fezes mumificadas ou fossilizadas naturalmente), tecidos e corpos mumificados, sedimentos de cavidades corporais e latrinas, cabelos, dentes, itens alimentares e outros materiais oriundos de diversos sítios no Brasil e exterior e de diversas idades.

A Subcoleção de Fezes Recentes de Animais possui mais 5.700 amostras de fezes de mamíferos, aves, répteis e anfíbios. A maioria de suas amostras foram coletadas no Brasil, em 13 estados, 30% do acervo foi coletado em Unidades de Conservação. Possui cerca de 4% de amostras de aves da Antártica. Já foram identificadas até a categoria específica 61 espécies de vertebrados que originaram as amostras.

Além das amostras originais, o acervo possui sedimentos das análises parasitológicas e itens alimentares de amostras que foram processadas e podem ser utilizados para pesquisa.

As duas subcoleções contam com livros tombos físicos e digitalizados, bibliografia, imagens, documentos e fotografias impressas e digitais, banco de dados gráfico e não gráfico georreferenciados, em parte.

A Coleção está aberta à doação de materiais e, por seu compromisso institucional, garante os meios de preservação dos materiais em ambiente climatizado e controlado e à disponibilização para a comunidade científica, de acordo com as regras institucionais da Fiocruz e suas normas.



Acervo
Foto: Virginia Fuchs

Sedimento processado

Amostras armazenadas

Amostra 1


© 2020 Coleção Paleoparasitológica e de Fezes Recentes de Animais, ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA SERGIO AROUCA, Fundação Oswaldo Cruz